Minha Pátria, Minha Língua

L’Amazonia è in fiamme. Brucia insieme il cuore dell’artista che si ispira dalla sua poetica
31 de agosto de 2019
Flores e cores de ‘Ela nos Trópicos’ enfeitam a primavera de Trancoso
19 de setembro de 2019
Exibir tudo

Que vontade eu tenho de falar português,

Que vontade de em gritar alto e bom som

Que a saudade me mata na surdez

De não escutar a minha língua e o seu tom

 

Português da minha pátria

Mais amada, idoladrada

Português da minha alma

Enlouquecida…apaixonada

 

Sofro no exílio da minha língua

Padeço de não sambar o seu léxico

E dia a dia meu conhecimento míngua

 

Até o dia mais funesto

Enterrarei a minha língua…

…e com ela, os meus restos

Comentários Facebook

comentarios

Jaqueline D`Hipolito Dartora
Jaqueline D`Hipolito Dartora
Formada em Jornalismo na Universidade Santiago de Compostela, Jaqueline se identifica como escritora e "vinalogadora". Atualmente dedica-se ao marketing e a comunicação, promovendo eventos que conectam e promovem o diálogo entre o vinho e as artes em geral. Têm também vários projetos paralelos relacionados com as letras e o mundo do vinho. Promove formas mais sustentáveis de vida, sendo uma ativista do uso da bicicleta na cidade e de uma vida mais saudável, lenta e meditada. No seu tempo livre realiza trabalhos voluntários em Vinícolas ecológicas e (WWOOF) y recentemente criou o blog Vinálogos. Colabora com alguns blogs, lojas de vinho, e escreve contos, relatos, ensaios em inglês, português e espanhol.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.