Que vontade eu tenho de falar português,

Que vontade de em gritar alto e bom som

Que a saudade me mata na surdez

De não escutar a minha língua e o seu tom

 

Português da minha pátria

Mais amada, idoladrada

Português da minha alma

Enlouquecida…apaixonada

 

Sofro no exílio da minha língua

Padeço de não sambar o seu léxico

E dia a dia meu conhecimento míngua

 

Até o dia mais funesto

Enterrarei a minha língua…

…e com ela, os meus restos

12 de setembro de 2019

Minha Pátria, Minha Língua

Que vontade eu tenho de falar português, Que vontade de em gritar alto e bom som Que a saudade me mata na surdez De não escutar […]
4 de junho de 2018

Saudades do português? Ô

Acabo determinar de ler “Felicidade Crônica” da Martha Medeiros. Um bom manual para quem não tem regras na vida e aceita de bom humor as oportunidades, […]
10 de maio de 2015

Lisboa: um cantinho brasileiro em plena Europa

 Não faltam motivos para os brasileiros se apaixonarem por Portugal. Aqueles que vivem longe então, encontram sempre ali um lugar de refúgio, um pedacinho do Brasil […]