Cleópatra deixou marcas que permanecem até hoje em Roma

A Brazilian way that delights me
24 de outubro de 2015
Pulso da vida…
26 de outubro de 2015
Exibir tudo

 

Pequenos são os indícios da passagem de Cleópatra por Roma, no ano 30 a.C.

Mas mesmo que sua presença tenha desagradado muito romanos da época, esses vestígios ainda permanecem na cidade eterna. Os dois leões, ao pé da escada que conduz à Piazza del Campidoglio (Praça do Campidoglio) são, na verdade, duas esfinges trazidas por uma das mais célebres soberana da antiguidade, que encantou Júlio César e Marco Antonio há mais de dois mil anos.

IMG_6124

A metade de uma gigantesca escultura em mármore, meio abandonada em uma das esquinas, também próximo ao Campidoglio, presume-se que seja da deusa Ísis cultuada pelos egípcios e bem próximo dela, uma fonte em formato de pinha faz parte da arte egípcia, que usava o modelo como decorativo. 

A informação é da italiana, Benedetta Bottone, da Associação cultural Roma Rome4u  Roma e Lazio x te, e professora de História da Arte, que, por intermédio da instituição, conduziu o passeio chamado “Cleópatra e os cultos egípcios na Roma Imperial”, realizado à noite.

IMG_6122

A magia do passeio à noite

O passeio noturno é agradável e tem uma certa magia quando se percorre as ruas históricas de Roma do Campidoglio até o Largo Argentina sob as luzes amarelas da iluminação romana. Largo Argentina é o local das ruínas de quatro templos romanos e também onde Júlio César foi assassinado. O hábito de criar gatos pelos romanos começou por Cleópatra. Os gatos eram animais sagrados para os egípcios.

IMG_6115

“Vamos caminhar juntos pelas ruas antigas de Roma, para descobrir como o lento declínio do misterioso povo egípcio é diretamente ligado ao declínio de Cleópatra VII, a última rainha da dinastia Ptolomeu.

Falaremos de sua presença em Roma e da influência política que o seu fascínio feminino exerceu sobre homens de sucesso como César e Marco Antonio e a rivalidade de Ottavia, mulher de Marco Antonio e irmã de Augusto.

No ano 30 a.C Ottaviano Augusto conquista o Egito vencendo Cleópatra. Junto com as riquezas angariadas pela vitória são importados também os cultos egípcios, sobretudo o de Ísis, amado pelo povo e combatido pelos imperadores, Por que? Nós descobriremos juntos”, divulgam os organizadores.

A Associação é composta por estudiosos apaixonados pela beleza artística de Roma e da região do Lazio e tem como objetivo organizar eventos, cursos e roteiros sobre arte, arqueologia, história, música, cultura e enogastronomia.

O passeio custa 8 euros e tem duração de duas horas e meia. Basta entrar no blog da organização para acompanhar os eventos programados para cada período ou se inscrever para receber a newsletter. Assim conhecer um pouco mais sobre as belezas artísticas de Roma, além das famosas incluídas nos roteiros turísticos tradicionais. Se tiver sorte poderá participar de programações como essa sobre Cleópatra, que são mais frequentes no verão e na primavera.

 

 

 

 

Comentários Facebook

comentarios

Mari Weigert
Mari Weigert
Mari Weigert é jornalista com especialização em História da Arte pela Escola de Música e Belas Artes do Paraná. Atuou na área de cultura, como jornalista oficial do Governo do Paraná. Durante um ano participou das aulas de Crítica de arte de Maria Letizia Proietti e Orieta Rossi, na Sapienza Università, em Roma como aluna ouvinte. Acredita que as palavras bem escritas educam e seduzem pelos seus significados que se revelam na poética da vida. *IN ITALIANO (Mari Weigert è giornalista e perfezionata in Storia dell' Arte per la Embap, del Brasile. Durante un anno è stato alunna di Critica d'Arte, alla Sapienza Università di Roma. Crede nelle parole ben scritte che seducono per le sue significate in cui rivelano la poetica della vita.)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.