“A Elegância do Alimento” só poderia existir em terras italianas

A sensação de encontrar a alma de uma cidade como Roma
30 de julho de 2015
The sensation of finding the soul of a city like Rome
31 de julho de 2015
Exibir tudo

IMG_3922

‘A Elegância do Alimento'(L’eleganza del cibo) é uma mostra de arte incomum colocada num espaço único e de valor inestimável: Mercati Di Traiano, em Roma. Muitos vestidos e alguns acessórios que tiveram como fonte de inspiração o alimento em seu design, dão um toque especial em meio as relíquias históricas de um passado muito remoto.

Uma mostra que só poderia ser criada em terras italianas, partindo da premissa que eles são especialistas em moda e famosos na cozinha.

IMG_3988

Bustos de heróis romanos e monumentais esculturas em mármore, além de outras em fragmentos, testemunhos de um tempo em que o lugar era um antigo mercado romano construído pelo imperador Traiano (112 e 113 d.C), e hoje transformado em Museu do Fórum Imperial, se misturam às roupas de estampas e decorações excêntricas, assinadas por estilistas e empreendedores não menos famosos.

IMG_3912

Sorvetes bordados em vestidos assinados pelo italiano Enrico Coveri, outro modelo insólito é o vestido-ovo da estilista espanhola, Agatha Ruiz della Prada,

IMG_3991

um tomara-que-caia inteiramente confeccionado por raízes, de Tiziano Guardini, sapatos artesanais de Salvatore Ferragano,

IMG_3890

bolsas em tecido decorado com cerejas, de Louis Vuitton. Isso é ainda é pouco, tem mais.

IMG_3892

As diferentes jóias de Gianni di Benedittis, que utiliza em seu desenho o formato de garfos e macarrão.

O objetivo da exposição, segundo os curadores, é de mostrar o diálogo entre a moda e o alimento. “A  moda alimenta a mente, o alimento nutre o corpo”, justificam os curadores Stefano Dominella e Bonizza Giordani Aragno.

IMG_3916

Os grandes costureiros fazem o resto. Criaram ao seu bel’prazer as mais exóticas e diferentes vestimentas, destacando ainda o longo feito de algodão, decorado com bolachas e espigas de trigo, assinado pela estilista que vestiu artistas famosas como Andrey Hepburn- a italiana Fernanda Gattinoni.

IMG_3933

A exposição foi realizada em função da EXPO2015, realizada em Milão, Itália, em junho, cujo tema central foi comida. São 160 peças entre roupas e acessórios expostas na mostra que estará aberta até primeiro de novembro.

Olhar Crítico

O destaque dado pelo PanHoramarte é puramente para entretenimento de seus leitores no Brasil, sobretudo àqueles que apreciam viajar em pensamento, considerando a  distância em que se encontra a exposição. Enfim, visitá-la não é como dar uma passada em São Paulo para apreciar um grande evento.

Apresentar essa mostra incomum e ao mesmo tempo tão refinada, tem a finalidade de oferecer ao leitor a dimensão do significado alimento e moda na visão dos italianos e como eles valorizam o que é deles. Dois temas que se unem sem divisões e fronteiras e com total liberdade de criatividade. Talvez no Brasil seria considerada brega e motivo de zombaria, até para encobrir aquele velho complexo de “vira-lata” que muitos brasileiros insistem em alimentar.

 

Comentários Facebook

comentarios

Mari Weigert
Mari Weigert
Mari Weigert é jornalista com especialização em História da Arte pela Escola de Música e Belas Artes do Paraná. Atuou na área de cultura, como jornalista oficial do Governo do Paraná. Durante um ano participou das aulas de Crítica de arte de Maria Letizia Proietti e Orieta Rossi, na Sapienza Università, em Roma como aluna ouvinte. Acredita que as palavras bem escritas educam e seduzem pelos seus significados que se revelam na poética da vida. *IN ITALIANO (Mari Weigert è giornalista e perfezionata in Storia dell' Arte per la Embap, del Brasile. Durante un anno è stato alunna di Critica d'Arte, alla Sapienza Università di Roma. Crede nelle parole ben scritte che seducono per le sue significate in cui rivelano la poetica della vita.)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.