Arte do presépio no imaginário das pessoas

Culinária sensorial e criativa
18 de dezembro de 2019
O que trouxe o ‘espírito do tempo’. Zeitgeist!
2 de janeiro de 2020
Exibir tudo

Peru, autor desconhecido feito em madeira e barro.

Quando uma menininha de 3 anos pede para que conte a história do menino Jesus e aí  você para e pensa, o que eu faço? Tento criar uma fábula ou faço um discurso religioso. Optei pelos dois de um jeito muito especial e criativo. Contei uma história sobre a família com a estrutura da história bíblica e falei sobre o amor e solidariedade.

famosos presépios alemães de hélice

Nesse momento lúdico lembrei da importância e atração que o Presépio exerce na criatividade de artistas tanto em telas famosas como de Giotto, Fra Angelico, entre outros, como os näifs que se encantaram e envolveram-se na história do nascimento de Cristo. Lembrei também do Museu do Presépio que visitei em Évora, Portugal. Uma coleção incrível!

A coleção Canha da Silva conta com 472 presépios de proveniência europeia e alguns poucos das Américas. As mais ternas, exóticas e originais montagens artísticas que representam a Natividad. Conta a história que o costume de criar essa cena começou com São Francisco, em 1223, e depois foi difundida pela ordens religiosas.

O caráter universal apoia-se na tradição iconográfica da Sagrada Família, onde são habituais a presença do burro, da vaca, da estrela que guiou os pastores e os reis magos a Belém e de anjos. Neste conjunto de personagens cada cultura coloca sua afetividade, seus costumes e cores. Enfim as diversas identidades regionais unidas a espiritualidade que se misturam entre o profano e o sagrado, com boas doses de fantasia.

 

 

Comentários Facebook

comentarios

Mari Weigert
Mari Weigert
Mari Weigert é jornalista com especialização em História da Arte pela Escola de Música e Belas Artes do Paraná. Atuou na área de cultura, como jornalista oficial do Governo do Paraná. Durante um ano participou das aulas de Crítica de arte de Maria Letizia Proietti e Orieta Rossi, na Sapienza Università, em Roma como aluna ouvinte. Acredita que as palavras bem escritas educam e seduzem pelos seus significados que se revelam na poética da vida. *IN ITALIANO (Mari Weigert è giornalista e perfezionata in Storia dell' Arte per la Embap, del Brasile. Durante un anno è stato alunna di Critica d'Arte, alla Sapienza Università di Roma. Crede nelle parole ben scritte che seducono per le sue significate in cui rivelano la poetica della vita.)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.