“Madonna que chatice são suas aulas de pop arte agora”

La ‘croce gloriosa’ esalta la vita nei mosaici di San Clemente
21 de abril de 2019
‘Poesia Visual é a liberdade da palavra’
2 de maio de 2019
Exibir tudo

O novo álbum de Madonna, MadameX, que sairá no dia 14 de junho, aguardado com muita expectativa pelos fãs, não agrada os entusiastas em arte. A polêmica é em torno da capa do álbum.

“Provavelmente Madonna faz referências a Frida Kahlo e ao artista russo Pyotr Pavlensky”.Esse foi um comentário postado por um astuto artista no Instagram, segundo cita o site TheArt Newspaper na sua matéria.

Na imagem promocional a própria artista aparece com as sobrancelhas grossas semelhantes a de Frida Kahlo e a boca costurada em referência ao trabalho de Pavelnsky, feito em 2012, em protesto pela prisão das integrantes da grupo punk Pussy Riot. Em  2014, pregou seus testículos na Praça Vermelha, em Moscou.  “Um artista nu, olhando para seus testículos pregados na calçada é uma metáfora de apatia, indiferença política e fatalismo da sociedade russa”

O site Exibart escreve que a  ‘Signora Ciccone'(Madonna Louise Veronica Ciccone) vagamente transpôs em seu rosto essas referências.

“Madame X, Madonna … que chatice são suas aulas de arte pop agora”, conclui o material publicado no  site.

Em seu novo álbum Madonna aparece em dueto com o cantor e compositor colombiano Maluma. Os fãs já estão amando  clip  Medellin.

Comentários Facebook

comentarios

Mari Weigert
Mari Weigert
Mari Weigert é jornalista com especialização em História da Arte pela Escola de Música e Belas Artes do Paraná. Atuou na área de cultura, como jornalista oficial do Governo do Paraná. Durante um ano participou das aulas de Crítica de arte de Maria Letizia Proietti e Orieta Rossi, na Sapienza Università, em Roma como aluna ouvinte. Acredita que as palavras bem escritas educam e seduzem pelos seus significados que se revelam na poética da vida. *IN ITALIANO (Mari Weigert è giornalista e perfezionata in Storia dell' Arte per la Embap, del Brasile. Durante un anno è stato alunna di Critica d'Arte, alla Sapienza Università di Roma. Crede nelle parole ben scritte che seducono per le sue significate in cui rivelano la poetica della vita.)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.