Da janela indiscreta às flores nas janelas que revelam o morador

O dia que cruzei com Deus
19 de janeiro de 2017
No Brasil o surrealismo passou rápido
24 de janeiro de 2017
Exibir tudo

As lentes da máquina não são mágicas e nem conseguem saber mais.

Essa janela aberta, diante de outra janela, desperta a curiosidade de quem está do outro lado descobrir quem é o moço que trabalha com persistência para deixar a casa pronta  para o morador se instalar.

Flagrante feito por Mari Weigert, em Roma (2012), Itália, de uma janela para outra.

janelas1

Uma janela que revela a alegria de seu morador nas traquitandas escolhidas para colorir e celebrar a chegada da primavera e do verão na Europa. Foto por Mari Weigert, Murano (2012),Itália.

janelas3

Não faltam flores a essa janela que devem encher de alegria o coração de quem vive na casa. Foto por Mari Weigert, Amélia, Itália (2012).

janela2

Abaixo a ditadura da estética arquitetônica e viva a roupa lavada que seca pendurada no varal da janela da fachada da casa para aproveitar o sol benfeitor.As fachadas antigas italianas não respeitam isso não!  Seus moradores alheios às pieguices da modernidade aproveitam os raios de sol para deixar a roupa limpa, seca e cheirosa. Quem foi o arquiteto que começou com a história de não permitir varais pendurados na janela. São tão especiais que dão colorido e autenticidade à paisagem urbana. A simetria cansa os olhos.

janelas7

Cadê as flores?

Fotografar janelas é fascinante porque deixa o fotógrafo viajar pelas lentes e na imagem captada imaginar quem é o dono da janela que deixa a luz entrar naquela casa…

 

Comentários Facebook

comentarios

Mari Weigert
Mari Weigert
Mari Weigert é jornalista com especialização em História da Arte pela Escola de Música e Belas Artes do Paraná. Atuou na área de cultura, como jornalista oficial do Governo do Paraná. Durante um ano participou das aulas de Crítica de arte de Maria Letizia Proietti e Orieta Rossi, na Sapienza Università, em Roma como aluna ouvinte. Acredita que as palavras bem escritas educam e seduzem pelos seus significados que se revelam na poética da vida. *IN ITALIANO (Mari Weigert è giornalista e perfezionata in Storia dell' Arte per la Embap, del Brasile. Durante un anno è stato alunna di Critica d'Arte, alla Sapienza Università di Roma. Crede nelle parole ben scritte che seducono per le sue significate in cui rivelano la poetica della vita.)

Os comentários estão encerrados.