Magia das ‘Lágrimas de São Pedro’

Parla!
24 de maio de 2016
Semana de Ação Mundial é uma luz no fundo do túnel
26 de maio de 2016
Exibir tudo

 

A magia das gotas cristalinas magnetiza o olhar.

É como se a permanência delas, a imobilidade no ar, remetesse o espectador ao sagrado.

‘Lágrimas de São Pedro’ fazem a arte virar poesia.

foto2

Gotas d’água

Gotas d’água de arte correm o mundo para dialogar com o homem. As lâmpadas falam da reciclagem e a água, nosso bem mais precioso, alimenta a vida na terra.

A instalação feita a partir da reutilização de mais de seis mil lâmpadas incandescentes com água, penduradas aleatoriamente num grande espaço foi criada pelo artista baiano Vinícius S.A.

Meu pai, quando era menina ainda assustada com os relâmpagos que faiscavam num céu de tempestade, sempre me dizia que São Pedro estava lavando o assoalho do céu e como era muito grande, precisava deixar rolar gigantes barris de madeira com a água. Isso me acalmava, esquecia do medo e me perdia nos devaneios imaginando o chão do céu encharcado e aqueles imensos barris rolando. As gotas d’água de Vinícius são lúdicas me fizeram voltar a ser criança por alguns minutos.

Venham a nós ‘Lágrimas de São Pedro’ fertilizar a terra dos homens de boa vontade!

*(A instalação ‘Lágrimas de São Pedro’ esteve no Sesc de São Paulo e já foi apresentada em diversos lugares do mundo, em especial na 7a. Luminale, a maior Bienal da Luz do Mundo, na Alemanha, .

 

Comentários Facebook

comentarios

Mari Weigert
Mari Weigert
Mari Weigert é jornalista com especialização em História da Arte pela Escola de Música e Belas Artes do Paraná. Atuou na área de cultura, como jornalista oficial do Governo do Paraná. Durante um ano participou das aulas de Crítica de arte de Maria Letizia Proietti e Orieta Rossi, na Sapienza Università, em Roma como aluna ouvinte. Acredita que as palavras bem escritas educam e seduzem pelos seus significados que se revelam na poética da vida. *IN ITALIANO (Mari Weigert è giornalista e perfezionata in Storia dell' Arte per la Embap, del Brasile. Durante un anno è stato alunna di Critica d'Arte, alla Sapienza Università di Roma. Crede nelle parole ben scritte che seducono per le sue significate in cui rivelano la poetica della vita.)

Os comentários estão encerrados.