O Universo produz sua própria arte

Delizia intorno della luce
24 de fevereiro de 2015
As inquietações da Mafalda não perderam a atualidade 50 anos depois
2 de março de 2015
Exibir tudo

 

A foto que mostra  Eta Carinae, estrela massiva de cerca de 7.500 anos-luz do Sol, cedida como cortesia pela NASA e publicada num artigo do astrofísico Ray Jayarwdhana, na revista Scientific American Brasil,em 2014, é um exemplo da beleza artística do nosso misterioso cosmo.É uma verdadeira obra de arte abstrata.Eta Carinae algum dia explodirá numa supernova ou num deslumbrante corpo celeste.

Quando um estrela explode, seu brilho indica que uma supernova esta se formando. Isto significa que emitirá uma grande quantidade de neutrinos, partículas difíceis de detectar, devido à sua baixa interação com a matéria, mas de enorme valor científico. A última vez que uma supernova explodiu nas proximidades da Via Láctea, em 1987, os físicos detectaram dúzias de neutrinos.

Veja mais sobre a matéria em inglês Eta Carinae

Foto Internet

Foto Internet

As explicações técnicas  são necessárias para associar criatividade a um fato científico e dar sentido à sua publicação num site de arte e entretenimento e não num espaço destinado à ciência. A ideia é mostrar que a produção artística é constante na vida e no cosmos. Depende do ponto de vista, literalmente, do olhar de cada um. Ray Jayawardhan, que  além de pesquisador e um astrofísico, é professor da Universidade de Toronto, no Canadá, sem ser artista propriamente em seu artigo, “Caçadores de neutrinos: A emocionante  caçada a uma partícula fantasma para desvendar os segredos do universo”, se entrega com paixão de artista à sua pesquisa e se emociona com o Universo.

Olhar Crítico

O olhar criativo do homem interpreta as formas do universo. Mesmo num estudo científico, a criatividade do olhar se manifesta com arte diante dos mistérios do cosmo, paralelamente aos estudos da ciência tentando desvendar o enigma da vida . Assim foi em 24 de fevereiro de 1987, no Chile, quando um cientista observador fotografou uma curiosa mancha brilhante próxima da Via Lactéa, cuja foto foi interpretada artisticamente. O olhar artístico vislumbrou a forma de uma aranha . Desta forma, a estrela em explosão ficou conhecida como Nebulosa da Tarântula.

images (1)

Um estudioso de astrofísica só pode ser poeta ou artista considerando que o alvo de seus estudos, o espaço cósmico que na sua escuridão abriga milhões ou bilhões de luminosas estrelas, mantidas e agrupadas pela gravidade. Somente este fato é potencialmente uma fonte de inspiração para arte.

Comentários Facebook

comentarios

Mari Weigert
Mari Weigert
Mari Weigert é jornalista com especialização em História da Arte pela Escola de Música e Belas Artes do Paraná. Atuou na área de cultura, como jornalista oficial do Governo do Paraná. Durante um ano participou das aulas de Crítica de arte de Maria Letizia Proietti e Orieta Rossi, na Sapienza Università, em Roma como aluna ouvinte. Acredita que as palavras bem escritas educam e seduzem pelos seus significados que se revelam na poética da vida. *IN ITALIANO (Mari Weigert è giornalista e perfezionata in Storia dell' Arte per la Embap, del Brasile. Durante un anno è stato alunna di Critica d'Arte, alla Sapienza Università di Roma. Crede nelle parole ben scritte che seducono per le sue significate in cui rivelano la poetica della vita.)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.