Espiritualidade e luz na pauta das bienais

Insólito: Como um muçulmano me inspirou a rezar o terço
20 de janeiro de 2015
Um verão na capital da República Tcheca.
11 de fevereiro de 2015
Exibir tudo

Duas grandes bienais, a de Veneza em 2013, e a Bienal de São Paulo em 2014, colocaram em cena obras com conceitos que fazem o observador refletir sobre espiritualidade e religião. A Luz do Mundo será o tema da Bienal Internacional de Curitiba, em 2015. Coincidência? Certamente que não é.

É a visão crítica de um tempo de contrastes em que o homem se desconstrói pelo consumo e pela individualidade e na mesma medida, busca entender o porquê da sua existência. Essa foi a curadoria geral da Bienal de Veneza de 2013, proposta pelo italiano Massimiliano Gioni.  A ideia era ir mais à frente na questão, muito mais do que reunir artistas com seus impulsos criativos, segundo ele.

Para Gioni foi mais importante se perguntar naquele momento “qual é o mundo dos artistas?”. Com este foco se inspirou no sonho do americano  Marino Auriti, de criar um local que reunisse o saber do mundo. Com essa premissa, o Palácio Enciclopédico – abriu espaço para mostrar o Livro Vermelho, de Carl Gustav Jung, o psicanalista suíço que procurou desvendar os mistérios da mente e criou o conceito do inconsciente coletivo.IMG_20151110_154203

Comentários Facebook

comentarios

Mari Weigert
Mari Weigert
Mari Weigert é jornalista com especialização em História da Arte pela Escola de Música e Belas Artes do Paraná. Atuou na área de cultura, como jornalista oficial do Governo do Paraná. Durante um ano participou das aulas de Crítica de arte de Maria Letizia Proietti e Orieta Rossi, na Sapienza Università, em Roma como aluna ouvinte. Acredita que as palavras bem escritas educam e seduzem pelos seus significados que se revelam na poética da vida. *IN ITALIANO (Mari Weigert è giornalista e perfezionata in Storia dell' Arte per la Embap, del Brasile. Durante un anno è stato alunna di Critica d'Arte, alla Sapienza Università di Roma. Crede nelle parole ben scritte che seducono per le sue significate in cui rivelano la poetica della vita.)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.