A world made of books
1 de maio de 2015
Cores dos Afrescos de Vila Lívia sobreviveram à escuridão
4 de maio de 2015
Exibir tudo

 

Era uma vez, uma casa gigantesca com milhares de livros.

Um dos cômodos era uma enorme biblioteca. As estantes eram como papéis cobrindo as paredes de cima a baixo.  Nunca tinha visto tantos livros em minha vida decorando-as. Havia livros de todos os tamanhos e cores. Alguns eram muito antigos, outros tinham ainda um brilho das capas. Estava num estado de completa fascinação. De repente, alguma coisa muito estranha aconteceu…

Os livros, um a um, começaram a se apresentar para mim. Cada um deles contou com muito orgulho de que tipos de estórias eram feitos. Não somente as palavras assumiram vida própria, mas as ilustrações também emergiram fora das páginas e performaram acrobacias como artistas de circo. Foi como um conto-de-fadas transformado em realidade…

Cada livro arrebatou minha imaginação para muito longe, como se ela fosse feita de rédeas. Visitei muitos países, mundos desconhecidos, lugares fantásticos que eram pura magia. Conheci um monte de pessoas interessantes. Aprendi um zilhão de coisas. Coisas que nunca sequer poderia imaginar… Fiquei apenas poucos minutos na biblioteca, mas senti como se tivesse estado lá por séculos!

Depois de deixar aquela incrível atmosfera, nunca mais fui a mesma menina. Fiquei muito mais atenta a vida ao redor de mim e decidi me tornar uma contadora de estórias.

Onde quer que fosse,  partilhei com as crianças todas as estórias que aprendi com meus amigos livros. As crianças ficavam tão hipnotizadas quanto eu no dia em que descobri aquela extraordinária biblioteca, naquela casa enorme, de milhares de cômodos…

Os livros são assim, têm o poder de nos enfeitiçar, libertar, fazer voar, viajar, mudar de tempo, sonhar e viver papéis sem fronteiras. Os livros tornam até mesmo o impossível possível! É tudo uma questão de nos deixarmos levar por eles…

(Ilustração de Erwin Madrid)

Comentários Facebook

comentarios

Simone Bittencourt Shauy
Simone Bittencourt Shauy
Enfermeira, escritora e ilustradora. Escrever para ela é intuição e exercício de liberdade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.